Teste sua qualidade de vida

Faça teste e veja como esta sua qualidade de vida, e lembre-se. 

E PRECISO SABER VIVER…

Teste aqui

Anúncios

4 comentários

  1. ola meu nome é rosana, faz dias que sintos coisas estranhas,gostaria que vcs me ajudassem nao sei mas aonde recorrer, tenho essa crise todos os dias,os sintomas sao: uma pertubacao na cabeca,parece que vou ficar louca, so penso em coisa ruim, o coracao acelere tento pensar em coisa diferente mas nao consigo, a noite e uma dificuldade para durmi nao consigo durmi penso so em morte,fico muito anciosa,gostaria que vcs me ajudassem por favor…sera que tenho algum tipo de transtorno psicologico.

    Curtir

  2. Meu nome é Ana, estou sentindo coisas estranhas, gstara de sujestões que pudessem me ajudar. Já tive esta crise 3 vezes. Os sintomas são: O coração começa a disparar descontroladamente, o ouvido escuta um zumbido, a mente screçe e em seguida vem umas imagens estranha com pessoas e isto me traz uma sensação de terror, logo depois fico muito tonta e com uma sensação de fraqueza. Isto ja ocorreu na csa da minha mãe na presença dela, no ônibus indo para uma viagem, no banho, no meio da noite quando dormia acordei assim. Sou extremanente stressada, anciosa e qualidade de vida mito baixa. Será que tenho algum tipo de transtorno psicologico. Há dias que fico a um ponto da depressão, as coisas estão desandando e sempre acontece alguma coisa ruim.

    Curtir

  3. Olá!Parabéns por esta iniciativa!Para mim é de grande valor, pois há dois meses constatei que tenho SP e á partir daí, tudo mudou…minha família ficou muito assustada, mas a informação superou esta fase.Tenho apoio e carinho total deles. No entanto minha luta agora, além de buscar a estabilidade no quadro clínico é com o trabalho, tendo em vista meu benefício do INSS que foi negado e, por isso, ter que retornar ao trabalho mesmo sem condições ou sem alta médica.Não sei o que fazer e isto só me angustia mais. Eu melhorei do quadro crítico, mas ainda me sinto insegura para voltar às minhas atividades.Volto e meia as crises ameaçam voltar. Sou professora de Inglês e também coordenadora pedagógica. Sabemos que este é um trabalho que requer muita atenção, concentração… visto que também trabalho com alunos á partir de 3 anos de idade. Minhas aulas geralmente são dinâmicas (canto, pulo, danço, uso fantoches…)e ultimamente não me sinto com disposição para atuar assim. São dois empregos: um, é numa escola de educação básica, onde lido com a educação infantil, e tenho medo de ter crise perto deles, é um abiente de muito barulho(natural que seja assim pois é repleto de crianças)… não sei o que fazer!Entrei com um Recurso no INSS, mas já temo outro indeferimento, pois trata de uma doença subjetiva.Sinceramente, eu esperava mais desses que se chamam ‘peritos’…Em suma, precisei voltar aos dois empregos sem condições para tal, constatado pelo médico, pois se não seria decretado abandono de trabalho!O que fazer?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s