Quer parar de fumar? Vai precisar de ajuda.

Parar de Fumar – Guia de Auto Ajuda

Por Dr.Ronaldo Laranjeira

Os objetivos deste Manual

  • Informar sobre a dependência da nicotina
  • Explicar como aumentar as suas chances pessoais de parar de fumar e superar a dependência da nicotina
  • Explicar como os profissionais de saúde podem ajudar a parar de fumar
  • Explicar sobre os medicamentos que podem ajudar na sua tentativa de parar de fumar
  • Explicar como evitar a recaída
  • Discutir preocupações comuns da pessoa que começa a pensar em parar de fumar como ganho de peso e irritabilidade

Nicotina: Uma dependência muito poderosa 

As pessoas que já tentaram parar de fumar sabem o quão difícil esta experiência pode se tornar. Isto ocorre porque a nicotina é uma droga muito poderosa na produção da dependência. A fumaça do cigarro possui cerca de 4.700 substâncias, a nicotina é somente uma delas. Na realidade devemos lembrar que de todas essas substâncias a nicotina não é a que mais mata ou produz doenças. A nicotina produz a dependência. As substâncias que produzem as doenças são as demais. Portanto as pessoas fumam basicamente devido ao fato de serem dependentes da nicotina e acabam ficando doentes ou mesmo morrendo devido as ações das demais substâncias.

A nicotina é uma droga poderosa que atinge o cérebro dentro de segundos após a pessoa fumar. A ação química da nicotina no cérebro basicamente é de prazer e certo relaxamento que acaba criando uma necessidade da pessoa querer fumar mais. E é isto que acaba ocorrendo, pois 60% dos adolescentes que fumam mais do que 2 meses acabarão fumando por mais de 30 anos.  Parar de fumar é difícil e algumas pessoas necessitam de 2 ou 3 tentativas antes de parar em definitivo. As pesquisas mostram que a cada tentativa séria que a pessoa faz parar de fumar fica-se mais próximo da parada definitiva pois fica-se mais experientes com as eventuais dificuldades.  Qualquer pessoa pode parar de fumar. Não importa a sua idade, condições de saúde ou estilo de vida. A decisão de parar e o sucesso em conseguir terão basicamente a influência de quanto a pessoa realmente deseja parar. Na realidade centenas de pessoas param de fumar todos os dias.  

Metade de todas as pessoas do mundo que já fumaram, pararam de fumar

Os três estágios de parar de fumar 

Estágio Um Preparando para parar: este estágio, que pode durar de dias a anos, é o mais importante. Às vezes as pessoas têm uma vontade de parar mas acabam adiando indefinidamente de fazer alguma coisa. Ficam com a vontade mas adiam a ação.

Estágio DoisParando de fumar: este estágio necessita uma série de informações práticas sobre como transformar a sua vontade em ação. Este manual visa ajudar as pessoas neste estágio.

Estágio TrêsRecaída: daremos algumas dicas em como evitá-la.

1. Pense bem sobre as seguintes perguntas antes de tentar parar, talvez valha a pena escrever num papel as respostas:

  • Porque eu quero parar?
  • Quando eu tentei no passado o que ajudou e o que não ajudou?
  • Qual será a situação mais difícil de ficar sem um cigarro após eu parar?
  • Quem poderá me ajudar durante as primeiras semanas? Minha família? Meus amigos? Meu profissional de saúde?
  • Que prazer eu obtenho do cigarro? Será que serei capaz de parar?

2. Faça uma lista dos seus motivos pessoais para parar de fumar, e mantenha esta lista próxima por várias semanas. Um exemplo de lista:

  • Quero melhorar a minha saúde
  • Não quero que os meus filhos se tornem fumantes
  • Tenho medo de ter câncer
  • Tenho medo de ter problemas no coração
  • É brega fumar
  • Não gosto de ser dependente de nicotina
  • É muito trabalho ir até o fumódromo para fumar
  • Os fumantes ficam horríveis com um cigarro na boca
  • Não vou ficar dando lucro para a indústria do fumo
  • Pouparei o dinheiro do cigarro para uma viagem

3. Evite as Desculpas. Por exemplo:

  • Mais para frente eu vou parar
  • É tarde demais parar parar, já fumei muito tempo para ter algum benefício
  • Quando eu parei da vez passada eu sofri muito
  • Não tenho força de vontade para parar
  • Engordarei se eu parar
  • Paro quando eu quiser
  • Só paro se o meu marido (esposa) parar

4. Faça um plano de ação:

  • Defina o dia para parar de fumar.
  • Comunique sua família, amigos e colegas de trabalho que você irá parar e diga a data exata.
  • Peça apoio e entendimento. Não hesite em pedir ajuda a um profissional da saúde nas duas primeiras semanas.
  • Faça algumas mudanças antes de parar de fumar.
  • Mude o seu ambiente: livre-se do maço de cigarros, cinzeiros e do cheiro de  de cigarros de sua casa e do seu ambiente de trabalho.

5. Mude alguns hábitos

  • Não fume nos locais onde você passa muito tempo como no trabalho ou no carro.
  • Reveja suas tentativas anteriores de parar de fumar: pense no que funcionou e no que não funcionou.
  • Lembre- se: no dia em que você decidir parar de fumar não tolere nem mesmo uma tragada.
  • Aprenda como lidar com a vontade de fumar e o stress.
  • Fique bastante atento para aquelas situações que fazem você sentir vontade de fumar. Por exemplo: Ficar perto de outros fumantes; estar sobre pressão de fazer as coisas muito rápido.
  • Discutir com alguém.
  • Sentir-se triste ou frustrado.
  • Evite bebidas Alcoólicas.
  • Esteja atento após o almoço e após acordar.

5. Evite situações difíceis enquanto você está tentando parar de fumar. Tente diminuir o seu nível de stress. Reserve tempo para você fazer coisas agradáveis. Exercícios físicos, como por exemplo, andar, correr, nadar, são muito úteis nesta fase.

6. A saída para lidar com a vontade intensa de fumar é você se distrair dos pensamentos relacionados a fumar: converse com alguém, ocupe-se, veja televisão, lei um livro. É melhor escrever num papel 3 dessas coisas que funcionam para você.

7. Obtenha apoio profissional se não conseguir sozinho.

  • Um aconselhamento aumenta em muito as suas chances de se tornar um ex-fumante. É um tipo de aconselhamento breve e direcionado exclusivamente para você parar de fumar. Os estudos científicos têm mostrado que quanto mais aconselhamento você tiver maiores as suas chances de parar de fumar.
  • Um exemplo de programa de aconselhamento feito pela Escola Paulista de Medicina. Enfermeiras especialmente treinadas aconselham grupos de 10-12 fumantes durante 5 semanas com encontros de 60-90 minutos. Ao longo deste período discute-se:
    1) a importância de se parar de fumar;
    2) quais as principais dificuldades em parar;
    3) aproveita-se a experiência passada anterior de cada pessoas em parar de fumar;
    4) utiliza-se de ajuda farmacológica (Adesivos e chicletes de nicotina, medicamentos); 5) tenta-se prevenir a recaída.


Métodos farmacológicos para parar de fumar

Alguns métodos já provaram que funcionam do ponto de vista científico. Muito embora cada pessoa possa ter o seu próprio método. Se perguntarmos para aquelas pessoas que já pararam de fumar, cada uma delas terá a sua fórmula. Descreveremos brevemente os métodos cientificamente comprovados.

1 – Uso de Reposição de Nicotina na Forma de Adesivos ou Chicletes


O objetivo de se usar nicotina para combater a dependência da nicotina é de tentarmos aliviar o desconforto que a pessoa sente quando para de fumar. Por anos a fio a pessoa fumou cerca de 20 cigarros por dia, 10 tragadas em média em cada cigarro. O cérebro acostumou-se com esta carga diária de nicotina. Quando a pessoa tenta parar o cérebro sente falta, e é esta falta de nicotina no cérebro que chamamos de abstinência.

As pessoas sentem-se mais irritadas, diminui a concentração, ficam mais ansiosas, as vezes sentem muito sono ou não conseguem dormir. Além disso ficam com muita vontade de fumar. Essa falta de nicotina no cérebro incomoda mais nas primeiras 4-6 semanas, que é quando as pessoas que estão tentando parar de fumar apresentam mais recaídas. O objetivo de dar nicotina durante este período é de aliviar, pelo menos em parte, alguns desses sintomas de abstinência.

Tanto o adesivo quanto o chiclete diminuem a vontade de fumar. A nicotina no adesivo e no chiclete passa através da pele ou mucosa, e isto diminui o apetite pela nicotina. Devem-se seguir as instruções corretamente para obter o melhor efeito do adesivo e do chiclete. Por isto é ideal que se use este tratamento somente com orientações dos profissionais de saúde. Embora a pessoa que esteja tentando parar de fumar possa ter uma vontade muito grande de fumar ela deva resistir enquanto estiver usando o adesivo ou o adesivo. 

Quem deveria usar o adesivo ou o chiclete?

As pesquisas mostram que quase todas as pessoas se beneficiariam com o adesivo ou o chiclete. Se você está grávida ou tem problemas cardíacos ou vasculares o seu profissional de saúde deverá Ter um cuidado especial em prescrever este tipo de medicação. A opção entre o adesivo e o chiclete é muito pessoal. Tem pessoas que se adaptam melhor ao chiclete pois o mascariam somente quando tivessem a vontade de fumar. No entanto muitas pessoas sentem náusea ao mascar o chiclete. A grande vantagem do adesivo é que tem uma absorção constante pela pele ao longo do dia e a pessoa não precisa fazer nada, somente coloca-lo pela manhã.  

Como saber qual a dose ideal para mim?  

Adesivo: a maioria dos fumantes deveria começar usando o adesivo de 30mg, que é o mais forte por pelo menos 4 semanas. Ao final deste período deveria avaliar com o seu profissional de saúde se deveria continuar utilizando por mais tempo. A maioria dos fumantes se beneficia somente com 4 semanas.  Logo após o acordar um novo adesivo é colocado em qualquer parte do corpo que não tenha pelos.

Todos os dias um novo adesivo é colocado pela manhã e a pessoa fica o dia todo com ele, não importa a sua atividade diária o adesivo deve permanecer no corpo o dia todo. A pessoa deve mudar o local do adesivo a cada dia pois existe o risco de irritação da pele se todos os dias se usar o mesmo local.  

Chiclete: existem dois tipos de chicletes o de 2mg e o de 4mg. Se a pessoa fuma mais do que 20 cigarros por dia; acende o primeiro cigarro do dia assim que acorda; tem grande desconforto quando para de fumar; é melhor começar com a dosagem maior de 4mg. O chiclete de nicotina deve ser usado de uma forma tal que aumente as suas chances de sucesso. Deve-se mascar lentamente até que um gosto meio apimentado apareça.

Então o chiclete é colocado entre a bochecha e a gengiva e deixado neste local por cerca de 30 minutos. Não se deve ficar mascando, o ideal é que a nicotina do chiclete seja absorvida pela mucosa da bochecha e gengiva. A pessoa não deveria deglutir a saliva com nicotina, pois isto causa enjôo.  

Deve-se usar um chiclete a cada 1-2 horas por pelo menos 1-3 meses.
Efeitos colaterais: algumas pessoas apresentam soluços, náuseas e dores na mandíbula.
Esses sintomas só aparecem se a pessoa não usa o chiclete corretamente.

Usando o adesivo ou o chiclete multiplica por dois as suas chances de conseguir parar de fumar. 

Novos medicamentos 

Recentemente têm sido usados em vários países novos medicamentos para ajudar as pessoas que queiram parar de fumar. O principal deles é um novo antidepressivo chamado Zyban. O que esse medicamento produz é uma diminuição dos sintomas de abstinência da nicotina tornando o período inicial de abstinência mais confortável. 

Como evitar a recaída do cigarro  

A maioria das recaídas ocorre nos primeiros 3 meses após parar de fumar. Não se sinta deprimido e desmoralizado se começar a fumar novamente. Lembre-se a maioria das pessoas tenta várias vezes antes de parar de fumar em definitivo. Tente outras formas de mudar comportamento.

Algumas situações são especialmente importantes para evitar a recaída:

  • Álcool: considere parar de beber enquanto você está tentando parar de fumar.

  • Outros fumantes: tente conversar com os fumantes a sua volta que tente parar junto com você. Tente se preparar para lidar com os fumantes a sua volta que não pararam de fumar, evite ficar perto deles enquanto eles estiverem fumando.

  • Estados depressivos: muitas vezes após parar de fumar as pessoas sentem-se um pouco depressivas e ansiosas. Se esses sintomas persistirem fale como o seu profissional de saúde.

  • Sintomas de abstinência: seu corpo passará por várias modificações após parar de fumar. Você pode ficar com a boca seca, tosse, garganta arranhando. Mantenha a sua mente longe dos cigarros.

  • Ganho de Peso: Enfrente um problema de cada vez. Parar de fumar é uma prioridade maior do que perder peso. Fatos sobre parar de fumar e ganho de peso.

  • O ganho de peso varia de pessoa para pessoa. Em média ganha-se 5 kg, o que é em termos de saúde um risco muito pequeno quando comparado em continuar fumando. Mulheres tendem a ganhar um pouco mais de peso do que os homens. Exercícios, comer frutas e vegetais e evitar gordura podem ajudar muito. Não se esqueça que parecer saudável é mais do que ficar magro. O desaparecimento do cheiro do tabaco nas roupas, no hálito, o fará sentir saudável. Isto é muito mais importante.

Este guia foi baseado em documentos do Centers for Disease Control and Prevention (CDC) – USA; Health Education Authority – Reino Unido e na experiência prática do Prev-Fumo da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP).

Anúncios

25 comentários

  1. Olá..tenho 40 anos,,fumo a 22 anos,com a glória do sr Jesus,,parei a 20 dias.a crise de abstinência é terrível,tenho crise de pânico ao menos uma vez ao dia,,minha pressão sobe ontem foi a 15/10 fiquei com muito medo,, aí tomei um remédio p baixar de apenas 10 mg e um fitoterápico de maracujá que foi passando aquela tormenta…Jesus tem sido minha força como sempre,,estou tendo tonturas,e tristeza tbem..mas o q me preocupa mesmo é a pressão q sobe ,,quando estou bem a pressão é normal 11/7 ,,12/8.. é normal ela subir se alguém passou por isso me responda por favor,,pois ontem fiquei muito preocupado…. obrigado e força e fé a TDS…

    Curtir

  2. Fala aê Rapaziada!
    Vou falar um pouco do que acontec3eu comigo, fumante ah +ou- 14 anos e ja tentei parar de todas as formas inclusive fiz tratamentos pagos e fiquei 1 semana sem fumar rs e voltei novamente…recentemente recebi um e-mail interessante que dizia “PARE DE FUMAR PARA SEMPRE” e acessei o link para ver e resolvi adquirir…colcoando em pratica e com força de vontade parei de fumar ja faz 4 meses e estou firme e forte, cara vale muito a pena conferir…vou partilhar com vcs..Saúde e paz a todos!
    http://goo.gl/OHF0A6

    Curtir

  3. Resolvi para no dia 18/02/2015… Incentivada pela quaresma, mas é claro q quando se passar os 40 dias seguirei firme na luta…
    Pra falar a verdade já quebrei a quaresma…
    Como eu estava em casa tranquilinha era beeem fácil… mas ai voltaram as aulas na faculdade, e ver todas aquelas pessoas fumando e se divertindo foi difícil… =/

    Acontece que desde o dia 23/02/2014 estou fumando pelo menos 1 cigarro durante a noite na faculdade, ai eu entendi como minha dependência é mais psicológica do que química…

    Li um livro ótimo uma vez (O método fácil de para de fumar, de Allen Carr), depois dele minhas crises de abstinência são minimas… Recomendo a todos! Tenho até o PDF caso alguém queira vou deixar meu e-mail ao fim do post….

    Como disse… passo o dia inteirinho tranquila sem nem lembrar de cigarro… mas a noite… ainda tem aquele umzinho…

    Hoje 27/02/2015 comecei a sentir umas crises de panico, muita falta de ar, com sensação que vou morrer a qualquer momento… e o pior: as crises vinham de 5 em 5 minutos… vendo videos e lendo sobre o assunto comecei a conseguir controlar, (pelo menos tem umas 4 hrs que não tenho um crise, rsrs)

    E queria muito que saibam que durante o dia não sinto mais um pingo de vontade de fumar…

    Também quero falar que o desejo de fumar durante a tentativa de parar não é nenhuma constante que vai reduzindo ao longo dos dias…. Realmente existem dias que a vontade é bem maior do que em outros, e estes dias não necessariamente tem um ordem cronológica, o que significa que hoje pode ser mais fácil que ontem, mas 9 dias depois da parada efetiva também pode ser mais difícil que o primeiro ou segundo dia… MAAAS os 3 primeiros realmente são beeeem tensos, pelo menos foi pra mim…

    Quero desejar uma boa sorte pra todos que estão nessa caminhada… Dizer para beber muitaaaa água durante a tentativa, comer de 3 em 3 hrs para evitar aquele gosto de boca que da uma vontade louca de fumar, e lembrar que comer engorda, mas fumar mata… Se tiver muita preocupação com peso procure escovar os dentes quando tiver este gosto de boca que anunciei…

    Aproveite para beijar da boca e sentir o verdadeiro gosto do beijo (rsrs é serio), deguste os alimentos, e principalmente sinta a sensação de ser livre!!!!

    Fiz um combinado comigo mesma, a partir do dia 02/03/2015 não vou colocar nem mesmo aquele umzinho da noite na minha boca!

    E NÃÃÃO DEIXEM DE LER O LIVRO DO ALLEN CARR QUE INDIQUEI!

    Meu e-mail para que interessar pelo livro e não encontrar na net:
    taah.pimenta@hotmail.com

    Curtir

  4. Minha motivação foi de tanto pedir ajuda para Deus, acho que ele tenha me escutado, só pode ser, por que não usei nenhuma medicação, exceto uma terapia com os famosos philtros phasis, aqueles mesmo das 4 piteiras. Eu usei corretamente as 4 fases de cada piteira, na utlima piteira eu usei por mais tempo, 2 meses e meio e enfim, como eu disse, acreditando mais em Deus do que nas piteiras,mas tbm não desmerecendo as mesmas por que senão seria muita crueldade minha aqui, eu enfim pensei, ou eu paro com as piteiras e volto a fumar, por que não iria usar piteiras pelo resto da minha vida, ter que lavar aquela coisa toda suja de nicotina a cada 4 cigarros q eu fumava era o fim, pelo amor de Deus!!! Foi então que depois de uma noite refletindo por 5 horas dormi com o pensamento firme e pedindo muito a Deus que meu proximo dia fizesse valer o esforço de 5 longos meses com as piteiras e enfim eu deixei o tal vicio… Acordei decidido e depois de 31 anos fumando, hoje fazem 8 dias que não sei o que é cigarro!

    Curtir

  5. Olá,estou apavorada,preciso parar de fumar,já é um caso de saúde,fui ao dentista hoje,e ala me disse que eu posso estar com cãncer de boca,minhas gengivas estão comprometida,tenho que fazer alguns exames para tirar as duvida,pesso a Deus para que eu não esteja com esta doença,gente eu estou super mau,sai do consutório arazada,e a primeira coisa que eu fiz foi fumar,me odiei por isso,não tenho forçar para parar de fumar,preciso de ajuda.Gostaria de saber quem pode me ajudar neste momento?Quem eu devo procurar?Por fqvor me ajudem.Espero uma resposta devcs.

    Curtir

  6. Preciso de ajuda. Me considero inteligente,razoável em algumas áreas como eletrônica, contabilidade, construção civil, (outras), mas realmente sou fraco com esta situação. Em vez de controlar, diminuir, administrar, estou aumentando ainda mais o consumo, principalmente quando estou ansioso e acompanhado de bebida alcoólica e stress. Os órgãos públicos dão pouca atenção para pessoas com esse quadro. Ás vezes até discriminam. Já ouvi me chamarem de “tabagista” (por uma médica, dentro do Souza Aguiar), (e eu estava levando um paciente…)ou por “alcoólatra”, etc… Tenho que falar: tenho 56 anos, sou louco pela vida, gosto de praticar esportes, mas sou dependente desses venenos “lícitos”… desempregado e incapacitado para o trabalho devido a uma cidente provocando a ruptura no meu tendão de aquiles (afastado até 31 de novembro de 2011). O dinheiro do seguro desemprego acabou – e o que não presta só aumenta: medo, ansiedade, ameaças de prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia, insegurança e falta de vontade de viver devido às minhas dependências e falta de horizontes positivos. Já enviei diversos pedidos de ajuda, mas, ou não obtive respostas, ou não creditaram seriedade a um ser humano que quer ser normal. Vocês podem me ajudar? Sério. Preciso de ajuda. Se não puderem, por favor me orientem para um canal de atendimento. Obrigado.
    Urgente.
    Meus emails: nelsonfalcao2@hotmail.com
    nelsonrj1000@hotmail.com

    Curtir

  7. Gostaria só de dar uma dica!!! Não parem de fumar de uma só vez, sem ajuda de algum medicamento ,etc.

    Pois tentei parar de fumar, fiquei 48 hs sem fumar ,e adivenhem o q aconteceu???

    Estou com sindrome do panico,procurei informações ,e constatei q pesquisas já provaram q a falta repentina de nicotina no sangue pode desencadear nesta maldita sindrome !!!
    Resumindo: hj continuo fumando pois agora o cigarro alivia um pouco minhas crises ,faço tratamento com psicologo e psiquiatra,e ainda tomo remédios.
    Parem de fumar mas cuidado,pois tentei me livrar de um mal e adquiri outro!!!

    Entrem e comprovem :

    http://noticias.r7.com/saude/noticias/sindrome-do-panico-atrapalha-quem-tenta-parar-de-fumar-20100615.html

    Curtir

  8. Olá amigos…
    Esta é minha terceira tentativa para parar de fumar. Consegui ficar tres dias sem fumar na primeira semana entrei num clareamento dentário para reforçar minha conduta, mas estou com algumas recaídas e todas basicamente por conta de muito stress. Estou numa programação de diminuição e de dois maços por dia, consigo ficar numa média de três a cinco cigarros no dia. ou as vezes menos. O fator que impulsiona são as dificuldades profissionais que estou tentando eliminar nestes dias, casando com esta programação de parada gradativa e programada! Uso o adesivo (esta é a terceira semana) 21mg – 1.a fase e quando me dá muita vontade, uso a goma em conjunto. muita água, não fumo na primeira hora do dia, enfim… mudando os hábitos gradativamente, mas estou frustrado pois gostaria de já ter parado definitivamente. Minha idéia é encerrar algumas situações de problemas profissionais e estender o período de três dias sem cigarros, para um período maior. Esta semana começarei uma atividade física e percebo que minha dependência é muito mais psicológica, pelas leituras e testes que fiz, apesar de tantos anos fumando. Se puderem me ajudar com algumas dicas ou conselhos eu realmente agradeço, pois estou determinado a parar com este vício e admito que preciso de ajuda e quero ajuda !

    Curtir

  9. bom dia a todos!!!! meu nome é cleiser, sou fumante compulsivo por pelo menos 18 anos.Desses 18 anos, 16 fui alcoolatra e 3 dependente de cocaína…pela benção divína hoje posso me considerar um homem feliz…decidi parar de fumar no dia 29-03-11, um dia após essa publicação. APROPÓSITO_o único vício que me acompanha é a nícotina,graças ao poder superior… sorte,perseverança e muitas 24 horas sem cigarro A TODOS. OBRIGADO!!!

    Curtir

  10. Bom dia a todos! Brevemente quero contar a experiência que tive com a síndrome do pânico.
    Tive as primeiras crises há 4 anos atrás e após um acidente de carro em maio deste ano tive as crises novamente.
    Durante 6 meses a minha vida se tornou um inferno. Tinha medo de tudo, pensava que ia morrer e não tirava da minha cabeça as coisas negativas. Me afastei do trabalho por um tempo e achei que isso nunca mais ia passar.
    Foi quando comecei ir a um psiquiatra que me passou uma medicação (que foi aumentado a dose pois não estava fazendo o efeito desejado) e comecei a ir também a psicóloga.
    Senti grande melhora, porém o que fez realmente eu parar de ter as crises foi a busca pelo Senhor. Comecei ir a igreja e pedir muito a Deus que me curasse. Entrei no grupo de jovens, comecei a fazer algo para Deus. O Senhor foi fiel a mim. Com a ajuda da medicação e a providência de Deus, não tive mais crises e hoje vivo uma vida normal.

    Curtir

  11. Bom dia a todos! Brevemente quero contar a experiência que tive com a síndrome do pânico.
    Tive as primeiras crises há 4 anos atrás e após um acidente de carro em maio deste ano tive as crises novamente.
    Durante 6 meses a minha vida se tornou um inferno. Tinha medo de tudo, pensava que ia morrer e não tirava da minha cabeça as coisas negativas. Me afastei do trabalho por um tempo e achei que isso nunca mais ia passar.
    Foi quando comecei ir a um psiquiatra que me passou uma medicação (que foi aumentado a dose pois não estava fazendo o efeito desejado) e comecei a ir também a psicóloga.
    Senti grande melhora, porém o que fez realmente eu parar de ter as crises foi a busca pelo Senhor. Comecei ir a igreja e pedir muito a Deus que me curasse. Entrei no grupo de jovens, comecei a fazer algo para Deus. O Senhor foi fiel a mim. Com a ajuda da medicação e a providência de Deus, não tive mais crises e hoje vivo uma vida normal.

    Curtir

  12. se alguem ler por favor responda me fumar é falta de vergonha?eu fiquei por 3 meses e voltei por estar muito furiosa,me disseram que é desculpa pois foi pura falta de vergonha que o pior eu ja havia passado,pois ai se fumei muito mais so de raiva.atualmente esta com mais ou menos 19 dias na ativa sendo que hoje é 16 de novembro 2008.se algem ler por favor me escreva fortalecendo me pois estou desesperada!!!!!!!!!!

    Curtir

  13. Adorei tudo o que acabei de ler, mas sinceramente, eu não estou tendo força p/ para de fumar de uma só vez. Tanto é que fumo um cigarro que é bem fraco p/ mi , o FREE , que é aquele que: de nicotina tem:0,1; alcatrão: 1; Monóxido de carbono 1 .Este é o único que consigo colocar na boca, tanto é que ao fumar, não sinto nada. mas quero ajuda p/ largar de uma só vez,

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s